INCENTIVO AO ROTEIRO RELIGIOSO – “CAMINHOS DE NOSSA SENHORA”

Em reunião acontecida no dia 07 de junho na cidade do Rio de Janeiro, entre os criadores dos Caminhos de Nossa Senhora, a Secretaria de Estado de Turismo do Estado do Rio de Janeiro, a Federação de Ciclismo do Estado do RJ, a Companhia de Turismo do RJ – TurisRio e a Federação de CVBx do Estado do RJ foi apresentada ao Secretário Nilo Sérgio Félix o Roteiro Religioso “Caminhos de Nossa Senhora”, criado pera todos os Peregrinos que desejarem percorrer a pé, de bicicleta ou a cavalo os mais de 470 km de um roteiro deslumbrante ligando a Cidade do Rio de Janeiro, de Niterói, de Itaboraí através de Petrópolis, Paty do Alferes, Vassouras e diversas outras cidades do Vale do Café até a Basílica de Nossa Senhora Aparecida em Aparecida do Norte-SP.  \r\n\r\nApós serem apresentados todos os materiais usados atualmente de divulgação e de apoio ao Peregrino apresentados pelo Padre Cristóvão e pelo Clemar coordenador da FECIERJ, foi solicitado apoio do Governo do Estado na confecção de placas de sinalização turística específica para os caminhantes, num total de aproximadamente 320 placas para serem fixadas ao longo do percurso de 475 km. Além das placas de sinalização, foi solicitado um apoio para a criação de um aplicativo de smart fones para orientar os caminhantes durante sua viagem com os locais de pouso e de alimentação, bem como dos serviços existentes para reparos de bicicletas e de alimentação para os cavalos além da multiplicação dos materiais existentes de marketing e de orientação.\r\n\r\nO Secretário Nilo Sérgio explicou o atual contingenciamento de recursos financeiros do Estado do RJ e sugeriu que fosse criado um projeto com todos os custos existentes para que a SeTur-RJ possa pleitear apoio dos Deputados e Senadores do RJ através de emendas Parlamentares. O secretário registrou à todos os presentes que este roteiro Religioso passa a ser de interesse estratégico do Turismo dos Estados do RJ e de SP. O Secretário Nilo Sérgio, que atualmente é Presidente do Fórum dos Secretário de Turismo do Brasil, disse que  irá  se reunir com o Secretário de Estado de Turismo de São Paulo para convidá-lo a aderir ao roteiro inter estadual.\r\n\r\nCAMINHOS DE NOSSA SENHORA\r\n\r\nAtravés da iniciativa do Padre Cristovão Sopicki, e do empresário Cláudio Santos (atual Presidente da FECIERJ), em Janeiro de 2001 foi realizado uma Romaria Ciclística da Paz, ligando Niterói, no Rio de Janeiro, até o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, no interior de São Paulo.\r\n\r\nE desde aquele ano, sempre no início do ano, e antes da temporada das provas ciclísticas, se formavam um grande pelotão pela Rodovia Presidente Dutra, liderado pelo Padre Cristóvão e pelo Cláudio Santos, em Romaria para agradecer a Nossa Senhora Aparecida pela temporada passada, e pedindo proteção e êxito para a nova temporada.\r\n\r\nDesta forma nos anos seguintes, foi crescente o interesse em participar deste evento, e visto que o número de ciclistas na rodovia é limitado, muitos não conseguiam se inscrever. Esta é uma determinação por questões de segurança, e de toda a logística de apoio formada pelos organizadores e pela Polícia Rodoviária Federal, que realiza a escolta do grupo, e sem a qual ficaria inviável a passagem por uma Rodovia tão movimentada.\r\n\r\nE para que fosse possível e permitido a qualquer ciclista interessado em realizar uma romaria, do Rio até o Santuário Nacional de Aparecida do Norte, em qualquer momento do ano, fomos em busca de um roteiro pelas montanhas, partindo da Cidade do Rio de Janeiro, em direção a Basílica de Nossa Senhora.\r\n\r\nEm fevereiro de 2009, logo na semana seguinte a sétima Romaria da Paz, partimos em direção a Petrópolis, para iniciar o traçado e a busca do melhor caminho em direção as montanhas. Considerando condições de segurança, estrutura para atender as necessidades básicas do romeiro, e passando por lugares de muitas belezas naturais, estradas rurais pelas Cidades do interior do Estado do Rio e de São Paulo. Algumas já tão conhecidas pelo seu valor histórico, cultural e turístico.\r\n\r\nNascia naquele momento, um trajeto de fé e devoção, sendo este também, o primeiro Caminho de peregrinação do Rio de Janeiro, até a Basílica de Nossa Senhora Aparecida, os Caminhos de Nossa Senhora.